Procurar neste blog


Home About Contact

Google? É aqui !

Google
 
2009-07-28

Depressa depressa!  

Esta é a história da seguinte viagem:
Sexta-feira, 23:00, desloco-me a uma determinada morada e espero pelo cliente 1 ou 2 minutos à porta. Quando este chega fazia-se acompanhar de outras duas pessoas. Essas duas pessoas cumprimentaram-me em Português e logo de seguida indicaram o destino.
Mal arranquei e ainda nem tinha engrenado a segunda velocidade o cliente que nem a saudação me tinha dado sai-se com o seguinte:
- Depressa depressa.
Eu olho para ele meio apanhado de surpresa, pensava que era mudo ou não falava a minha língua e ele torna.
- Depressa depressa.
Nem respondi porque só me apetecia parar o táxi logo ali e pedir-lhe que desce-se! Achei que era melhor não...
Daqui e até à próxima vez em que se dignou a falar a minha língua foi o caminho inteiro numa discussão amena com as outras duas pessoas que seguiam no carro, numa língua que eu não compreendo mas pelo tom cheguei a esta conclusão.
Segui então a viagem mais ou menos ao ritmo do costume ou seja, sem obrigar ninguém a fazer a viagem inteira agarrado à porta ou à pega do carro por eu ir depressa de mais e/ou a fazer curvas muito bruscas...
Quando já estávamos mais perto do destino, e numa zona com uma sequência de três semáforos onde do primeiro se avista o último e onde a distancia entre eles esta na casa dos 200 metros eu baixei ainda mais o ritmo uma vez que seguiam mais carros a minha frente, que o último semáforo estava vermelho e porque 50 metros depois desse último tinha de virar a direita para entrar na rua que me tinham pedido.
Eis que volta o cliente à carga:
- Depressa depressa!
- Você fala português? Perguntei-lhe.
- Senhor estamos atrasado e semáforo estar verde.
- E eu já comecei a trabalhar à hora de almoço, esperei por si à sua porta e estão carros à nossa frente que não vou ultrapassar para logo a seguir travar à frente deles, boa?
Não me respondeu e quando chegamos ao fim da viagem (2 minutos depois) saiu do carro sem dizer mais nada. As pessoas que o acompanhavam pagaram e desculparam-se por ele.

Nota mental: Estas pessoas gostam de chatear quem trabalha ou é impressão minha?

Enfim...

Links para este post

Posts Relacionados??



1 Comentários: to “ Depressa depressa!